Autoridades do Catar tomam bandeira de Pernambuco após confundi-la com LGBTQIA+

Voluntárias brasileiras carregavam a bandeira quando autoridades pegaram o símbolo, jogaram no chão e pisaram, de acordo com relato.

As autoridades do Catar abordaram brasileiros que carregavam a bandeira de Pernambuco na saída do Lusail Stadium, em Doha, nesta terça-feira (22/11), logo após a partida entre Arábia Saudita e Argentina. Os policiais teriam confundido a bandeira do estado brasileiro com o símbolo LGBTQIA+.

De acordo com relatos do jornalista Victor Pereira nas redes sociais, ele fazia uma filmagem com voluntárias brasileiras que carregavam a bandeira de Pernambuco quando foi abordado e teve o celular confiscado pelas autoridades. Ele só recebeu o aparelho de volta após apagar o vídeo.

“Pessoal, eu estou nervoso, tremendo, de fato, porque a gente estava com a bandeira de Pernambuco. […] Estou aqui com alguns voluntários. Ela é de Recife. Desculpa, eu estou tremendo, porque fui atacado por alguns integrantes do Catar, pessoas com essa roupa e também policiais porque eles vieram para cima das meninas achando que era uma bandeira LGBT, mas, na verdade, é apenas a bandeira de Pernambuco. Fui filmar e eles pegaram meu telefone e só devolveram me obrigando a deletar o vídeo que eu fiz. Eu só consegui meu celular de volta porque eu deletei o vídeo que eu fiz. Isso é um absurdo porque a gente tem a autorização da Fifa para filmar absolutamente tudo, aqui no estádio”, relatou.

O jornalista contou ainda que os homens jogaram a bandeira no chão e pisotearam. “Chegaram a pegar a bandeira de Pernambuco, jogaram no chão e pisaram. Quando algumas pessoas intervieram e amenizaram a situação”, afirmou.

Confira a thread abaixo:

Fonte: Correio Braziliense

About equipemc

Check Also

Haddad quer união internacional para taxar super-ricos

Proposta foi defendida em reunião de ministros de Finanças do G20 O ministro da Fazenda, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *