Suspeito de tentar matar namorada a facadas, no DF, tem histórico de violência contra mulher; veja mensagens

Daniel Vieira Sampaio, de 25 anos, também é investigado por ameaçar outra pessoa com quem se relacionou; em mensagem, escreveu a ela: ‘Fico feliz que tenha sido estuprada’. Na sexta (15), jovem foi preso suspeito dar nove golpes de faca na namorada; g1 tenta contato com defesa dele.

O jovem de 25 anos suspeito de tentar matar a namorada a facadas em um apartamento na Asa Norte, em Brasília, tem histórico de violência contra mulher. Daniel Vieira Sampaio, de 25 anos, também é investigado por ameaçar outra vítima com quem se relacionou.

O suspeito foi em flagrante preso na sexta-feira (15), após dar nove facadas na namorada, de 31 anos. No sábado (16), em audiência de custódia, a Justiça decidiu manter a prisão de Daniel (veja mais abaixo).

Em novembro do ano passado, uma outra mulher procurou a Polícia Civil para denunciar ameaças e ofensas que sofreu do jovem e conseguiu medida protetiva. Em uma mensagem enviada a ela, o homem escreveu: “Fico feliz que tenha sido estuprada”.

Mensagem que Daniel Vieira Sampaio, de 25 anos, teria mandado para outra mulher  — Foto: TV Globo/Reprodução

A jovem contou aos investigadores que tinha se relacionado com Daniel em abril de 2015, apenas duas vezes, e que ele “faz uso de diversos tipos de substâncias entorpecentes”, junto à bebidas alcoólicas.

Em 2017, segundo o depoimento da mulher, Daniel passou a procurá-la de forma insistente, criando perfis falsos nas redes sociais. Ela disse à polícia que tentava bloquear as tentativas de contato, mas que “ele voltava a adicionar utilizando uma nova conta”.

Ameaças e xingamentos

Mulher afirma que, em 2017, Daniel a procurou de forma insistente, criando perfis falsos nas redes sociais. — Foto: TV Globo/Reprodução

Ela disse ainda que se reencontrou com ele mais duas vezes, em 2017 e 2019, quando Daniel ameaçou se matar. A vítima decidiu procurar a polícia apenas em novembro do ano passado, quando o jovem já estava namorando outra mulher, mas ainda mandava mensagens para ela.

Segundo a vítima, Daniel mandou uma mensagem informando que a namorada estava monitorando as redes sociais dela. Desconfiada, a mulher decidiu procurar a atual companheira do suspeito e pediu para não ser mais procurada pelo jovem.

Daniel Vieira é suspeito de fazer ameaças a ex-mulher, no DF, em 2017 — Foto: TV Globo/Reprodução

No dia seguinte, Daniel reagiu. Ele disse que a vítima iria “pagar por interferir” na vida dele. “Fico feliz que tenha sido estuprada”, escreveu o jovem para a mulher.

No mesmo dia, a vítima procurou a delegacia e pediu medidas protetivas contra o jovem, que foram concedidas pela Justiça.

Violência

Emergência do Hospital de Base de Brasília — Foto: TV Globo/Reprodução

Daniel foi preso na sexta, após dar nove facadas na namorada. O crime ocorreu por volta das 20h. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada ao Hospital de Base.

Testemunhas contaram à polícia que ouviram gritos de socorro vindo do apartamento. O porteiro do prédio disse aos investigadores que desconfiou quando viu Daniel saindo do Edifício com a roupa suja de sangue.

A Polícia Militar foi acionado e, após uma ronda, encontrou o suspeito na mesma quadra do crime, a poucos blocos do apartamento da namorada. Na casa da vítima, os policiais encontraram as marcas da violência e a faca usada no crime.

Amigos e familiares da vítima não quiseram conversar com a reportagem da TV Globo. No entanto, eles contaram que Daniel é “agressivo”.

Fonte: G1 DF

About equipemc

Check Also

Mulher que morreu em fila da assistência social no DF estava doente e não podia trabalhar

Janaína Araújo tentava atendimento há oito dias, para ter direito ao Benefício de Prestação Continuada …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.