Programa de lar temporário para crianças no DF recruta voluntários

O programa de acolhimento temporário Família Acolhedora, para crianças e adolescentes vulneráveis afastados do convívio familiar por medida de proteção contra direitos violados, busca novos voluntários no DF. Interessados podem fazer a inscrição neste link.

O programa é uma parceria do Governo do Distrito Federal (GDF) com o Grupo Aconchego e foi regulamentado em janeiro de 2021. O objetivo é aumentar a capacidade de ajuda a crianças em situação de vulnerabilidade.

“Hoje temos um convênio pronto para atender 20 crianças, mas não limitamos vagas para famílias voluntárias, pois o nosso objetivo é capacitar o maior número possível de famílias para uma futura ampliação nos acolhimentos” afirma Julia Salvagni, vice-presidente do Aconchego e coordenadora do serviço.

As famílias inscritas passarão por um processo de capacitação e por um estudo psicossocial feito pelo Grupo Aconchego, que irá avaliar as motivações, disposição, desejo e habilidades do núcleo familiar para acolher.

O Grupo Aconchego salienta que o programa não pode ser confundido com adoção e nem encarado como um “treinamento” para tal. Para se cadastrar no programa, as famílias precisam atender ao seguintes pré-requisitos:

  • o responsável ter mais de 18 anos;
  • haver concordância de todos os membros do núcleo familiar;
  • não estar cadastrado no Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento;
  • não possuir antecedentes criminais;
  • ter condições de habitabilidade para receber a criança e comprovação de renda;

Fonte: Metrópoles

About equipemc

Check Also

Porta-voz da OMS sugere adotar novo nome para varíola do macaco

Carta assinada por cientistas pede a adoção de nomenclatura “que não seja discriminatória nem estigmatizante”. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.