Unidade de Recebimento e Distribuição de Alimentos de Planaltina é reaberta

Mais de 300 agricultores locais serão beneficiados; a iniciativa reduz significativamente os custos de entrega para os profissionais da região

Os produtores rurais de Planaltina já têm mais um motivo para comemorar. Isso porque foi reaberta, nesta terça-feira (7), a Unidade de Recebimento e Distribuição de Alimentos local, a Urda de Planaltina. A estrutura, localizada no Parque de Serviços da Administração Regional de Planaltina, ficou desativada por mais de dois anos e agora volta a funcionar como ponto de entrega dos produtos para os agricultores da região.

O secretário de Agricultura, Candido Teles, destaca que a estrutura diminui muito a distância de entrega dos produtos, melhorando a logística de comercialização para os agricultores. “Essa é uma ação que parece pequena, mas que tem um grande impacto para os produtores rurais. Só de não ter que levar os produtos para a Ceasa, isso reduz 50 km por trajeto, representando uma economia de pelo menos 100 km por entrega ao agricultor. Isso traz redução de custos de combustível, mas também de tempo para o produtor rural, para que ele possa se dedicar mais às suas atividades produtivas”, explica.

Nesta terça-feira (7) foram entregues quase três toneladas de alimentos na Urda de Planaltina | Foto: Seagri-DF

A expectativa é de que mais de 300 agricultores da região administrativa sejam beneficiados com a reabertura da Urda, que deve receber já de imediato de 12 a 15 toneladas de frutas, legumes e verduras por mês. Os alimentos recebidos na unidade serão destinados a entidades sociais cadastradas no Mesa Brasil Sesc-DF, garantindo alimento de qualidade a aproximadamente mil pessoas por semana.

A coordenadora do Mesa Brasil, Cláudia Vilhena, explica que os produtos são retirados diretamente na Urda de Planaltina e enviados à unidade do Mesa Brasil, de onde são distribuídos às instituições sociais o mais rápido possível. “Essa é uma modalidade de compra com doação simultânea. Os alimentos que chegam pela manhã no Mesa Brasil são entregues às entidades já à tarde, ou no máximo na manhã seguinte. Isso garante alimentos frescos e de qualidade a quem mais precisa.”

Nesta terça-feira (7) foram entregues quase três toneladas de alimentos na unidade de Planaltina, fornecidos por 15 produtores rurais da região. Os itens foram adquiridos por meio do Programa Alimenta Brasil (PAB), do Governo Federal, coordenado pelo Ministério da Cidadania, que disponibilizou ao DF em 2022 recurso no valor de R$ 1,2 milhão.

Segundo Teles, a expectativa é de que em 2022 tanto o Governo do Distrito Federal (GDF) quanto o Governo Federal invistam mais recursos na continuidade e ampliação dos programas de compras institucionais. “O recurso das compras institucionais é um dinheiro bem aplicado. Pois com o mesmo R$ 1 é possível transferir renda para os produtores rurais e, ao mesmo tempo, alimentar pessoas que mais precisam”, afirmou o secretário de Agricultura. “Isso leva dignidade à população do campo e segurança alimentar para a população mais vulnerável”, complementou o representante da Seagri-DF.

Além da Unidade de Recebimento e Distribuição de Alimentos de Planaltina, está em funcionamento também a Urda em São Sebastião, que funciona às quartas-feiras, destinando alimentos para o Banco de Alimentos da Ceasa-DF.

Fonte: Agência Brasília

About equipemc

Check Also

Agosto Branco chama atenção para o câncer de pulmão

Tabagismo está entre os principais fatores de risco. Instituído há cinco anos, o Agosto Branco …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.