Últimos dias para garantir desconto para o Capital Moto Week

O Capital Moto Week, que iniciou na última quinta-feira (21), no Parque de Exposições da Granja do Torto, celebra a sua 17ª edição com o Correio Braziliense como parceiro de mídia. Com o intuito de movimentar ainda mais a cidade do rock, o jornal disponibiliza 22% de desconto para os assinantes que realizarem a compra do ingresso – inteira, meia ou solidário. Para obter o código promocional, é necessário acessar o site Clube do Assinante (https://clubedoassinante.correiobraziliense.com.br).

Em dez dias, a capital está sendo contemplada com muito rock, lazer, gastronomia e adrenalina. O maior evento automobilístico da América Latina possui mais de 70 atrações e tem a expectativa de receber 800 mil pessoas, 300 mil motos e mais de dois mil motoclubes nacionais e internacionais até o dia 30 de julho.

Além disso, nesta edição, o festival inovou e trouxe novos espaços para serem acessados ao longo dos dias. Entre as novidades, há a estruturação de um globo da morte, parque de diversão, luta livre, cinema ao ar livre e a maior tirolesa instalada em festivais do DF.

Com o objetivo de promover uma experiência diferenciada, as áreas de lazer foram ampliadas e as duas praças de alimentação, junto com os quiosques espalhados pelo evento, irão reunir mais de 30 opções gastronômicas tradicionais da cidade. De segunda a sexta, no horário do almoço, a entrada será liberada para todos apreciarem os pratos na Granja do Torto.

“Preparamos os espaços para recebermos os motociclistas que fazem da Granja do Torto suas casas durante os dez dias de evento. Por ser um evento que não dorme, nos preocupamos em receber todos da melhor maneira possível.”Juliana Jacinto, organizadora do CMW.

Talks: Empreendedorismo Feminino & Economia Criativa

Assim como nas demais edições, o CMW busca estimular o empoderamento feminino realizando ações que minimizam o estigma de que motociclismo é voltado apenas para o público masculino. Neste ano não poderia ser diferente: com o Lady Bikers, será possível dedicar um espaço exclusivo às empreendedoras que participarem do festival. No ambiente, será fomentada a economia criativa e artigos de interesse das mulheres.

“Temos, atualmente, muito mais motociclistas e motoclubes compostos por mulheres do que antes, há alguns com 200 integrantes, por exemplo. E isso comprovamos também com os nossos números. Há quatro anos tínhamos um público majoritariamente masculino – 75% – e na última edição quase igualou – 54% homens e 46% mulheres.”Juliana Jacinto, organizadora do CMW.

Em 2019, último ano em que foi realizado o evento antes da pandemia, o ambiente contou com um talk show onde o Correio Braziliense conduziu temas importantes dentro do universo feminino. Em 2022, a tradição está de volta. Samanta Sallum, colunista do Correio Braziliense, conduzirá um talk com as convidadas Tabata Lôbo, empreendedora e idealizadora do grupo Mulher & Moto; Day Miguel, Influenciadora, Motociclista e Criadora do Método Pilotando sem Neura; Aline Barbosa, Empreendedora e CEO da Mister Cryl e Juliana Jacinto, Empreendedora e organizadora de festivais. A iniciativa será realizada na sexta-feira (29), a partir das 17h30, no espaço Lady Bikers.

Serviço:
O que: Capital Moto Week 2022
Quando: 21 a 30 de julho
Onde: Parque de Exposições da Granja do Torto, Brasília – Distrito Federal
Código promocional do Correio Braziliense (22% de desconto): Acesse o Clube do Assinante (https://clubedoassinante.correiobraziliense.com.br).

Ingressos:
– Motociclistas sem garupa e pilotando não pagam;
– Motos com garupa entram grátis de segunda a sexta até às 15h e sábados e domingos até às 18h;
– PCD tem acesso e estacionamento grátis no festival com direito a gratuidade de 1
acompanhante;
– Pessoas com mais de 65 anos têm direito a meia-entrada;
– Para quem levar lixo eletrônico ou 1kg de alimento tem direito ao ingresso solidário ao valor atual de R$50;
Ingressos para pedestres no site https://www.bilheteriadigital.com 

Fonte: Correio Braziliense

About equipemc

Check Also

Porta-voz da OMS sugere adotar novo nome para varíola do macaco

Carta assinada por cientistas pede a adoção de nomenclatura “que não seja discriminatória nem estigmatizante”. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.