Secretário de Segurança do DF passa férias nos EUA em meio a caos e é exonerado

Anderson Torres foi demitido ainda neste domingo (8) após polícia de Brasília não impedir invasão às sedes dos Três Poderes.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), exonerou na tarde deste domingo (8) o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres.

Torres era ministro da Justiça do então presidente Jair Bolsonaro (PL) e assumiu a pasta do governo local no início deste ano. A leniência da Polícia Militar do DF com manifestantes que invadiram e vandalizaram as sedes dos Três Poderes, no entanto, tornou insustentável a presença de Torres no Executivo local.

Manifestantes bolsonaristas com pedidos antidemocráticos entraram na Esplanada dos Ministérios, invadiram áreas do Congresso, do Planalto e do STF (Supremo Tribunal Federal) e entraram em confronto com a PM.

Anderson Torres, secretário de Segurança Pública do DF exonerado neste domingo (8) – Evaristo Sá – 27.jun.2022/AFP

Torres está nos Estados Unidos de férias neste domingo. Ele disse, nas redes sociais, que determinou ao setor de operações da Secretaria de Segurança Pública providências imediatas para o restabelecimento da ordem no centro de Brasília.

Torres era um dos nomes de confiança de Bolsonaro e chegou a virar alvo de inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal), que apura a realização de uma live feita pelo ex-mandatário em que divulgou uma profusão de mentiras sobre as urnas eletrônicas.

Nesta semana, a ida dele para o governo do DF já estava em risco devido a uma portaria do ministro da Justiça, Flávio Dino, que abria espaço para barrar a permanência dele no novo cargo.

O ato publicado determina que quem responder a inquéritos policiais não pode ser cedido pelo ministério a outros órgãos.

Congresso é tomado com uma faixa pedindo intervenção

Fonte: Folha de São Paulo

About equipemc

Check Also

Brasil passa a exigir visto de turistas da Austrália, Canadá e dos EUA

Documento será exigido em fronteiras terrestres, portos e aeroportos Os cidadãos da Austrália, Canadá e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *