Projeto De Cara Nova do SLU elimina lixão em SamambaiaD

A iniciativa tem o objetivo de extinguir os maiores pontos de descarte irregular no DF.

O SLU vai entregar à população, nesta sexta-feira (5), em Samambaia, mais uma área recuperada e com lixão eliminado pelo projeto De Cara Nova. A iniciativa tem o objetivo de extinguir os maiores pontos de descarte irregular no DF.

A área contemplada nesta edição foi um ponto com acúmulo de lixo e entulho próximo à Escola Classe 408. O local, que tinha virado um pequeno lixão clandestino, foi totalmente recuperado pelo SLU, pela Administração Regional de Samambaia, pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e pela Sustentare, empresa contratada pelo SLU que atua na área. Foram recolhidas do local mais de 60 toneladas de entulhos e resíduos.

A recuperação do espaço foi realizada por meio da plantação de mudas de árvores e de plantas ornamentais, além do uso de pneus ornamentados e da instalação de lixeiras e placas com orientações sobre locais adequados para descartar os resíduos. Na área, há ainda um muro que foi grafitado por um artista local com desenhos lúdicos e monumentos de Brasília.

“Sabemos da importância desse nosso projeto. Essa era uma área degradada, cheia de lixo e entulho. Nossa equipe de limpeza limpou tudo isso para entregar o local limpo e revitalizado de volta para a população. Agora contamos com a conscientização de todos para manter essa limpeza”, pontua o diretor-presidente do SLU, Silvio Vieira.

De janeiro para cá, o projeto De Cara Nova já retirou quase 4 mil toneladas de entulho de lixões espalhados pelo DF. Sete regiões administrativas já receberam a ação, e outras estão no roteiro.

Serviço

Projeto De Cara Nova: área recuperada ao lado da Escola Classe 408 de Samambaia

→ Entrega: sexta-feira (5)
→ Horário: 10h
→ Local: QS 408 Área Especial nº 3, ao lado da Escola Classe 408

*Com informações da Agência Brasilia

About equipemc

Check Also

Haddad quer união internacional para taxar super-ricos

Proposta foi defendida em reunião de ministros de Finanças do G20 O ministro da Fazenda, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *