PCDF prende traficante que vendia droga sintética na Dark Web

Criminoso é um jovem de 25 anos com conhecimento avançado na área de informática e morador do DF. Principal destino das drogas era o Piauí.

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), em investigação junto à Polícia Civil do Piauí (PCPI) e ao Laboratório de Crimes Cibernéticos do Ministério da Justiça, deflagrou a Operação Abissal, na manhã desta sexta-feira (3/2). O objetivo é combater o tráfico de drogas sintéticas praticado na Dark Web.

As equipes cumpriram dois mandados de busca e apreensão, bem como um de prisão. O principal investigado foi preso no Recanto das Emas.

O criminoso é um jovem de 25 anos, com conhecimento avançado na área de informática. Os mandados judiciais foram expedidos pelo Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI).

Um levantamento realizado durante as investigações revelou que traficantes do Distrito Federal estariam usando a Dark Web para vender drogas sintéticas a diversas localidades do Brasil.

Dark Web

A Dark Web pode ser classificada como uma camada da internet em que os sites não estão indexados e só podem ser acessados por navegadores específicos. Geralmente é usada por criminosos para dificultar a atuação policial.

A investigação começou após a descoberta de um site especializado na venda de drogas sintéticas. Após recebimento do pagamento, o entorpecente era enviado pelos Correios.

A DRCC monitorou remessas de drogas que tiveram destinatários por todo o país. Entre os destinos de destaque estava o Piauí.

Participaram da operação 14 policiais da PCDF e três agentes do Ministério da Justiça. A DRCC também contou com apoio da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), no momento de cumprimento das medidas judiciais.

No local da prisão, as equipes apreenderam computadores e dispositivos informáticos ligados à comercialização de drogas pela Dark Web.

Fonte: Metrópoles

About equipemc

Check Also

Haddad quer união internacional para taxar super-ricos

Proposta foi defendida em reunião de ministros de Finanças do G20 O ministro da Fazenda, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *