Número de mortes no trânsito do DF cai 14,2% no primeiro semestre

No geral, 24 vidas foram preservadas no Distrito Federal. Em relação aos ciclistas, houve uma redução de 23% na quantidade de óbitos

Dados preliminares da Gerência de Estatísticas do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), o primeiro semestre de 2019 registrou uma queda de 14,2% no número de mortes no trânsito em relação ao mesmo período do ano passado.

De janeiro a junho deste ano, o DF registrou 144 vítimas fatais em acidentes de trânsito, no mesmo período de 2018 foram 168.

O mês de junho registrou 22 mortes no trânsito, esse foi o segundo menor número para o mês desde 2000, quando teve início o levantamento, ficando atrás apenas de junho de 2018 quando ocorreram 21 óbitos.

Ciclistas e pedestres

O levantamento do Detran-DF indica que, no primeiro semestre deste ano 10 ciclistas morreram em acidentes de trânsito. Em comparação com o ano anterior, quando ocorreram 13 óbitos, houve uma redução de 23%.

Também ocorreu a diminuição no número de pedestres mortos. De janeiro a junho de 2019, foram registrados 55 pedestres mortos no trânsito do DF, 18% a menos que no mesmo período do ano passado quando foram registradas 67 vítimas fatais.

O Departamento de Trânsito tem promovido campanhas publicitárias nos meios de comunicação e ações educativas em vias públicas, escolas, bares e eventos culturais para conscientizar pedestres, ciclistas e condutores sobre a importância de estar atento às normas de trânsito.

A Diretoria de Educação do Detran-DF também tem realizado cursos de capacitação sobre vários temas relacionados ao trânsito.

Além disso, com o objetivo de reduzir o número de acidentes, a fiscalização do Detran-DF, em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, tem promovido diversas ações para coibir infrações, principalmente a condução de veículo após o consumo de bebida alcoólica.

FONTE: Agência Brasília com informações do Detran-DF

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios