Ministro anuncia transferência de 13 membros de facções do Amazonas para presídios federais

Flávio Dino disse nesta segunda que detentos fazem parte de grupos rivais que ameaçavam a segurança pública do estado.

O ministro da Justiça, Flávio Dino, anunciou, nesta segunda-feira (24), a transferência de 13 presos do sistema prisional do Amazonas para a custódia federal. Os detentos são membros e líderes de facções criminosas rivais que ameaçavam a segurança pública amazonense. Segundo Dino, a atuação conjunta entre o estado e o governo tem como objetivo conter a crise de segurança e prevenir uma situação “mais aguda”. 

“Temos na Amazônia brasileira, especialmente no estado do Amazonas, uma crise de segurança pública envolvendo disputa entre facções”, disse Dino. A transferência, liderada pela Polícia Penal Federal, “intensifica a colaboração do governo federal com o enfrentamento dessa crise no sistema penitenciário e na segurança pública e a prevenção de uma crise mais aguda”.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, disse não ter notícias sobre a vinda para o DF de algum dos membros de facções do Amazonas.

Criminalidade

Desde 2012, a região da Amazônia Legal, composta de nove estados, tem índices de violência letal mais elevados do que a média nacional, de acordo com o levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). 

Em 2022, mais de 8.000 pessoas foram assassinadas na região. O número inclui homicídios dolosos, com intenção de matar, roubos seguidos de morte e lesões corporais seguidas de morte.

A taxa de mortes por 100 mil habitantes foi de 26,7 na região, enquanto no restante do país ficou em 17,7.

Fonte: R7 DF

About equipemc

Check Also

Flávio Dino reitera compromisso de atuar com imparcialidade no STF

Ele chega ao Supremo aos 55 anos e pode permanecer por 20 anos O ministro …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *