Médica Lucilene Florêncio assume Secretaria de Saúde

Ginecologista e obstetra, ela é servidora da pasta desde 1999 e tem extensa trajetória tanto na assistência quanto na gestão.

Médica de carreira da Secretaria de Saúde desde 1999, quando chegou à capital federal, a servidora Lucilene Maria Florêncio de Queiroz assumiu o comando da pasta, em substituição ao general Manoel Pafiadache. Ginecologista e obstetra, Lucilene ingressou no serviço público em 1992.

Antes de assumir a secretaria, a médica Lucilene Florêncio ocupava o cargo de vice-presidente do Iges-DF | Fotos: Tony Winston/ Agência Saúde DF

Pernambucana de nascimento, trabalhou em Rondônia, antes de fixar residência no Distrito Federal e continuar construindo sua extensa trajetória tanto na assistência quanto na gestão. Ela é a terceira mulher a liderar a Saúde do DF. A médica ocupava o cargo de vice-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges-DF).

“Todas essas experiências são fundamentais, porque vem para a gestão uma servidora pública, de carreira, com conhecimento profundo da rede de assistência da Secretaria de Saúde”Lucilene Florêncio, secretária de Saúde

Anteriormente, Lucilene Maria Florêncio foi coordenadora de saúde do Gama e do Guará, além de superintendente da Região de Saúde Oeste, que compreende Ceilândia e Brazlândia, onde ficou de 2020 a 2022, e da Sudoeste, que contempla Taguatinga, Samambaia, Águas Claras, Vicente Pires e Recanto das Emas, nos anos de 2016 a 2018.

Lucilene, que assumiu a pasta na segunda (6), também foi secretária-adjunta de Assistência à Saúde, em 2019. “Todas essas experiências são fundamentais, porque vem para a gestão uma servidora pública, de carreira, com conhecimento profundo da rede de assistência da Secretaria de Saúde”, destaca a secretária.

Nesta quarta-feira (8) pela manhã, a nova gestora recebeu representantes do Conselho de Saúde do DF

Agenda

Na quarta-feira (8) pela manhã, a nova gestora recebeu representantes do Conselho de Saúde do DF. O tema abordado foi a organização da 3ª Conferência Distrital de Saúde Mental, que ocorre nos dias 22 e 23 de junho.

“A saúde mental é um pilar muito importante que quero fortalecer”, enfatiza Lucilene, que ressalta a relevância do tema no cenário pós-pandemia. “Temos que cuidar não só da demanda que já tínhamos, mas também do aumento que a pandemia nos trouxe”, completa a médica.

À frente da secretaria, uma das metas de Lucilene é aumentar a cobertura vacinal contra covid-19. “É preciso fazer busca ativa e chamamentos para a população completar o esquema vacinal, inclusive com todas as doses de reforço”, ressalta. Enquanto superintendente, a médica viabilizou a ação do Carro da Vacina na região de saúde Oeste.

Outra linha de ação será a de “elaborar estratégias para que pacientes à espera de cirurgias eletivas sejam operados. Lucilene também vai trabalhar para uma maior aproximação da secretaria com o Iges-DF. “Vamos atuar juntos e alinhados para uma entrega de excelência na Saúde do Distrito Federal”, reforça.

Lucilene também deve se debruçar sobre questões de abastecimento e contratos estruturantes da Secretaria de Saúde, como limpeza, manutenção predial e o contrato relativo ao Instituto de Cardiologia e Transplantes (ICTDF).

Fonte: Agência Brasil

About equipemc

Check Also

Plano de fuga de chefes de facção criminosa de presídios federais teve participação de 12 advogados diz PF

Quatro deles foram presos e demais devam usar tornozeleira eletrônica. OAB diz que não vai …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.