Leilão realizado pela ANEEL e CCEE atrai mais de R$ 7 bilhões em investimentos para geração de energia renovável

Hidrelétricas tiveram maior participação no certame, que atenderá demanda apresentada por distribuidoras no mercado regulado.

As 29 usinas contratadas no primeiro leilão de energia nova do ano vão atrair mais de R$ 7 bilhões em investimentos. Os empreendimentos fornecerão eletricidade gerada a partir de recursos hídricos, eólicos, solares e de biomassa. A negociação com investidores foi promovida nesta sexta-feira (27/05), pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

Os projetos totalizam 947 megawatts de potência e serão construídos nos estados da Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. A energia produzida será direcionada ao Sistema Interligado Nacional – SIN entre 2026 e 2045 para atender a demanda de três distribuidoras (Cemig, Coelba e Light) no mercado regulado, que abastece residências e pequenas e médias empresas.

Foram firmados contratos com preço médio 9,36% menor do que o valor teto definido, o que vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 1 bilhão, segundo estimativas da ANEEL, evitando aumento tarifário de 0,5 pontos percentuais para os consumidores.

O 36º Leilão de Energia Nova A-4 foi realizado no formato virtual e conforme os parâmetros do artigo 19 do Decreto nº 5.163, de 30/07/2004. O resultado completo está disponível no site da CCEE.

FonteNº deProjetosPeríodo de SuprimentoUFInvestimentosEnergia (MW med)
Hidrelétricas182026 – 2045SC, MS, PR, MT, RS, TO, MGR$ 1.065.109.180,0084,1
Eólicas42026 – 2040BA, PBR$ 1.306.881.250,0052,1
Solar52026 – 2040PER$ 687.289.520,0039,8
Térmicas (biomassa)22026 – 2045MS, SPR$ 3.974.364.150,0061,5
TOTAL29R$ 7.033.644.100,00237,5

Com informações da Aneel

Fonte: Governo Federal

About equipemc

Check Also

Agosto Branco chama atenção para o câncer de pulmão

Tabagismo está entre os principais fatores de risco. Instituído há cinco anos, o Agosto Branco …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.