INSA/MCTI debate uso de energias renováveis para desenvolvimento do Semiárido

A unidade de pesquisa realizou o evento online “CONECTA SEMIÁRIDO Energia Renováveis”, que contou com a participação de especialistas de diferentes áreas e instituições.

OInstituto Nacional do Semiárido (INSA), com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, promoveu o evento virtual “Conecta Semiárido Energia Renováveis”. O objetivo foi identificar necessidades e oportunidades do setor energético no Semiárido brasileiro debatendo a viabilidade do uso de energia solar, energia eólica, biogás, hidrogênio verde e biocombustíveis. O evento reuniu lideranças do setor público e privado, de universidades, institutos de pesquisa, associações, entre outras organizações. De acordo com informações do INSA/MCTI, a iniciativa vai contribuir para a criação de uma rede inteligente de inovação que será a base de estruturação do Centro Tecnológico em Energias Renováveis (CTERSA).

Na abertura do evento, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, ressaltou a importância do debate em favor do desenvolvimento do Semiárido. “Antes de tudo, gostaria de parabenizar o INSA pelo trabalho que desenvolve há quase 20 anos no nordeste do país, e aproveito para destacar o papel importante dos pesquisadores que compõem essa instituição tão relevante para a pesquisa nacional. Debater o uso de energias renováveis é um passo importantíssimo para o desenvolvimento do Semiárido. Mais do que potencializar as capacidades do bioma, esse avanço contribuirá diretamente na geração de emprego, na abertura de postos de trabalho, e no crescimento econômico na região. Agora é hora de botar a mão na massa”, afirmou Alvim. 

Eduardo Soriano, diretor do Departamento de Tecnologias Aplicadas do MCTI, destacou: “Para que alcancemos os resultados desejados, é preciso que seja feito um alinhamento de ideias, além de mapear lacunas e criar soluções para os que já atuam no Semiárido, e para aqueles que pretendem atuar. Portanto, o MCTI se coloca à disposição para esse processo minucioso de elaboração de soluções tecnológicas e inovadoras, que é decisivo para o desenvolvimento do Semiárido”. 

“É muito inspirador poder contar com esse apoio direto do MCTI. É um impulso importante para as iniciativas que visam o desenvolvimento econômico, social e sustentável numa região tão próspera em recursos que é o Semiárido. Isso nos dá a certeza da construção de bons projetos e muita inovação na região”, concluiu Renata Abreu, especialista em energia renováveis e uma das organizadoras do seminário. 

Para conferir o evento CONECTA SEMIÁRIDO Energia Renováveis na íntegra, acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=aYqgHWGblUE

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações

Check Also

Porta-voz da OMS sugere adotar novo nome para varíola do macaco

Carta assinada por cientistas pede a adoção de nomenclatura “que não seja discriminatória nem estigmatizante”. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.