Governo federal reserva R$ 2 bilhões para novos concursos públicos em 2023

A ministra da Gestão, Esther Dweck, confirmou que os anúncios serão finalizados até maio, mas não detalhou o número de vagas.

A ministra da Gestão, Esther Dweck, informou, nesta sexta-feira (28), que o governo federal tem R$ 2 bilhões para a realização de concursos públicos neste ano. O número de vagas ainda não foi definido, mas fala-se em torno de 8,5 mil.

A demora nas convocações de aprovados em concursos anteriores, segundo a pasta, se deve à alta demanda gerada pela falta de chamamentos do governo anterior, além da discussão das prioridades da atual gestão.

“O governo tem um valor previsto no Orçamento para concurso em torno de R$ 2 bilhões. O [valor] preciso tem uma diferença, mas é em torno de R$ 2 bilhões. Já teve uma primeira autorização, que foi do Ministério da Ciência e Tecnologia”, disse Esther.

Em abril, o governo autorizou concurso público com 814 cargos no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A portaria com o aval para a seleção, com vagas de analista, tecnologista e pesquisador (todas de nível superior), foi publicada no Diário Oficial da União, com previsão de salários que podem alcançar R$ 16 mil.

“A gente espera que, até o final de maio, a gente consiga anunciar todos os concursos, com base no valor previsto no Orçamento, para acontecer ainda neste ano. Demorou porque tinha uma demanda que vinha do governo anterior e, agora, temos que rediscutir com os ministérios, tem todos [os] ministérios, que repensar as prioridades do governo e isso não é uma coisa fácil de fazer”, acrescentou.

Um dos concursos previstos é para a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), com 502 vagas, como antecipou o R7. A medida seria anunciada nesta sexta-feira (28), durante visita ao Acampamento Terra Livre (ATL), mas foi adiada por questões administrativas. “[Sai] no máximo segunda-feira (1º)”, disse a ministra.

Fonte: R7

About equipemc

Check Also

Haddad quer união internacional para taxar super-ricos

Proposta foi defendida em reunião de ministros de Finanças do G20 O ministro da Fazenda, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *