Exército interdita estande de tiro no DF onde CAC morreu atingido por disparo

Diego dos Santos Ribeiro tinha 36 anos e morreu após bala disparada por ele atingir estrutura de metal e ricochetear. Segundo Polícia Civil, houve outros casos semelhantes no clube que fica na região de Planaltina.

O Exército interditou, nesta quinta-feira (14), o estande de tiro onde Diego dos Santos Ribeiro, de 36 anos, morreu após ser atingido por um disparo, em Planaltina, no Distrito Federal. O caso foi na quarta (13) e o homem tinha registro de Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC).

As investigações apontam que uma das balas disparadas por ele atingiu uma estrutura de metal e ricocheteou, o atingindo. Segundo Veluziano Castro, delegado adjunto da 31ª Delegacia de Polícia, em Planaltina, “outros usuários do clube procuraram a polícia para dizer que não é a primeira vez que um projétil rebate em algum objeto no clube”.

A arma usada por Diego era de um amigo e, de acordo com o delegado, não era registrado no Sistema Nacional de Arma (Sinarm) — o cadastramento da Polícia Federal para armas de fogo. Segundo a polícia, o dono do revólver tem diversas passagens pela polícia, por isso não poderia ter, em tese, registro de CAC.

O delegado informou ainda que vai investigar se o clube de tiros deixava pessoas que não eram CACs estarem no local e se a estrutura do estande era adequada com equipamentos de proteção. Vizinhos do clube foram até a delegacia e contaram que projéteis já foram encontrados em chácaras das proximidades.

Em seguida, a bala disparada atingiu uma estrutura de metal, ricocheteou e o atingiu. Diego virou de costas, em direção às outras duas pessoas que estavam no local, um homem e uma mulher.

As imagens mostram que, nesse momento, a vítima caiu no chão após perceber o ferimento. O casal correu em outra direção.

Diego chegou a receber os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu ainda no estande de tiros.

Fonte: G1 DF

About equipemc

Check Also

Haddad quer união internacional para taxar super-ricos

Proposta foi defendida em reunião de ministros de Finanças do G20 O ministro da Fazenda, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *