quarta-feira , 25 novembro 2020
Home / Notícias > Brasília/Brasil/Mundo / Coronavírus: Metrô-DF completa segundo ciclo de desinfecção

Coronavírus: Metrô-DF completa segundo ciclo de desinfecção

A cada semana, o quaternário de amônio é aplicado com pulverizadores em todos os trens e estações

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) encerra na madrugada deste sábado (25) o segundo ciclo de desinfecção em suas instalações e trens com o produto quaternário de amônio, aprovado pela Anvisa e usado na China e em países da Europa durante a pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19. 

O produto mantém uma camada protetora contra a ação do vírus nas superfícies. A aplicação no Complexo Administrativo e Operacional do Metrô (CAO), em Águas Claras, incluindo os pátios de manutenção e a Torre do Pátio Águas Claras, será feita a partir da noite de sexta.

Desde 6 de abril, as 25 estações operacionais e os trens já passaram pelo processo de limpeza com o quaternário de amônio duas vezes; o CAO, uma vez. Foram utilizados 5 mil litros do produto já diluído, que é pulverizado por uma equipe treinada de cinco funcionários da empresa de limpeza contratada, sob a supervisão do Metrô-DF. 

A cada semana, eles percorrem todas as estações e a sede. Os trens também são desinfectados semanalmente.

A operação de limpeza com o uso do quaternário continuará por tempo indeterminado e não exclui as outras medidas já adotadas pelo Metrô-DF: limpeza profunda diária dos trens e das estações durante a madrugada e também reforço na higienização dos trens durante as paradas nos terminais, o que ocorre a cada 45 minutos, em média. 

Além disso, a cada 30 minutos, é feita a limpeza nos bloqueios, bilheterias e corrimãos das estações com o peróxido de hidrogênio.

Distribuição de máscara
O Metrô-DF também iniciou a distribuição de máscaras para os empregados que trabalham na linha de frente da operação, essenciais para garantir o deslocamento de quem não pode parar. 

A partir do dia 30/4, em função do Decreto 40.648, que determina o uso de máscara pela população, o Metrô-DF exigirá o uso de máscara pelos usuários do sistema.

Antes do anúncio da pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 11 de março, o Metrô-DF criou um Grupo de Trabalho Especial, com integrantes de diversas áreas da Companhia, além de Cipa, Sindimetrô e Asmetrô, para discutir e subsidiar decisões sobre o enfrentamento da crise. 

Os empregados da área administrativa permanecem em teletrabalho e os da operação em grupo de risco foram afastados. Também foi elaborado um programa interno de apoio psicossocial, com atendimento individualizado e rodas de conversa.

Com informações do Metrô-DF

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA

Sobre Minha Capital

Veja também

Mais de 400 mil contribuintes ainda não quitaram o IPVA 2020

É possível fazer o parcelamento do débito em até 12 vezes no cartão ou retirar …

Vagas de emprego oferecem salários de até R$ 2,5 mil

Maioria das vagas de trabalho é para nível fundamental As agências do trabalhador terminam a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *