Chacina no DF: quinto suspeito de participar de assassinatos é preso pela polícia

Homem de 25 anos, conhecido como Galego, foi preso no Itapoã. Polícia Civil afirma que ele é suspeito de ajudar no sequestro de Thiago Gabriel Belchior, marido da cabeleireira Elizamar da Silva.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, na madrugada desta quinta-feira (26), o quinto suspeito de envolvimento na chacina da família da cabeleireira Elizamar da Silva, de 39 anos. Ao todo, 10 pessoas foram mortas no crime (veja mais abaixo).

O homem de 25 anos, conhecido como Galego, foi detido no Itapoã, no DF. Segundo a corporação, ele é suspeito de ajudar no sequestro de Thiago Gabriel Belchior, marido de Elizamar. Os outros quatro pessoas detidos por envolvimento no caso são: Gideon Batista de Menezes, Horácio Carlos Ferreira Barbosa, Fabrício Silva Canhedo Carlomam dos Santos Nogueira.

O grupo é investigado por associação criminosa, extorsão mediante sequestro agravado pelo resultado morte, ocultação de cadáver e corrupção de menores.

Esta foi a maior chacina da história do Distrito Federal. Todas as vítimas já foram identificadas e tiveram os corpos localizados. Elas têm idades entre 6 e 54 anos (veja lista abaixo). A expectativa é que o inquérito seja finalizado nos próximos dias.

Segundo o advogado da família de Elizamar, um dos suspeitos, Carlomam dos Santos Nogueira, disse, em depoimento, que o crime foi motivado por uma disputa de terras entre os suspeitos e duas das vítimas. A Polícia Civil ainda não havia confirmado a versão até a última atualização desta reportagem.

Quem são as vítimas?

Os mortos na chacina são:

  • Elizamar Silva, de 39 anos: cabeleireira;
  • Thiago Gabriel Belchior, de 30 anos: marido de Elizamar Silva;
  • Rafael da Silva, de 6 anos: filho de Elizamar e Thiago;
  • Rafaela da Silva, de 6 anos: filha de Elizamar e Thiago;
  • Gabriel da Silva, de 7 anos: filho de Elizamar e Thiago;
  • Marcos Antônio Lopes de Oliveira, de 54 anos: pai de Thiago e sogro de Elizamar;
  • Cláudia Regina Marques de Oliveira, de 54 anos: ex-mulher de Marcos Antônio;
  • Renata Juliene Belchior, de 52 anos: mãe de Thiago e sogra de Elizamar;
  • Gabriela Belchior, de 25 anos: irmã de Thiago e cunhada de Elizamar;
  • Ana Beatriz Marques de Oliveira, de 19 anos: filha de Cláudia e Marcos Antônio.

Os cinco suspeitos presos por envolvimento na chacina da família são:

  • Gideon Batista de Menezes
  • Horácio Carlos Ferreira Barbosa
  • Fabrício Silva Canhedo
  • Carlomam dos Santos Nogueira
  • Galego

O primeiro trabalhava com Marcos Antônio, uma das vítimas. O delegado do caso afirma que o suspeito foi encontrado com as mãos queimadas.

O segundo confessou o crime à polícia e chegou a dizer que os assassinatos foram encomendados por duas das vítimas – Thiago Belchior e seu pai, Marcos Antônio. No entanto, posteriormente, a polícia constatou que eles também foram mortos na chacina.

O terceiro foi preso em seguida, e seria responsável por manter parte das vítimas em cativeiro. O quarto se entregou nesta quarta-feira. As investigações apontam que Carlomam conhecia as vítimas e pelo menos um dos outros suspeitos.

Na noite de terça-feira, um adolescente de 17 anos foi apreendido pela Polícia Militar, suspeito de participação na chacina. Segundo a corporação, ele confessou a participação no crime. No entanto, como não havia situação de flagrante nem mandados válidos contra o rapaz, ele foi liberado. A Polícia Civil pediu à Justiça que determine a internação dele.

Motivação

O advogado da família de Elizamar da Silva afirma que o delegado da 6ª Delegacia de Polícia, que investiga o caso, apura se a motivação do crime foram as terras em Planaltina, no DF, onde Marcos Antônio Lopes de Oliveira e Renata Juliene Belchior, sogros de Elizamar, moravam.

O advogado afirmou, inclusive, que essas terras foram objeto de uma ação que a família ganhou, mas que os criminosos tentavam tomar.

“As demais informações correm sob sigilo e o delegado deve falar tão logo conclua o inquérito. Mas, a verdadeira e principal motivação do crime eram as terras”, pontuou João Darc’s.

O advogado comentou, ainda, que a polícia já tem elementos suficientes para oferecer denúncia ao Ministério Público e ao Judiciário contra os suspeitos pelas mortes.

Crime

Carro carbonizado em que quatro corpos foram encontrados, em Cristalina, Goiás  — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Carro carbonizado em que quatro corpos foram encontrados, em Cristalina, Goiás — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

No dia 12 de janeiro, a cabeleireira Elizamar da Silva, de 39 anos, desapareceu com três filhos pequenos, no Distrito Federal. Segundo a polícia, ela teria saído de casa com um carro para buscar o marido, Thiago Gabriel Belchior, de 30 anos.

No dia seguinte, o veículo dela foi encontrado com os quatro corpos queimados dentro, perto de Cristalina (GO), no Entorno do DF. O marido dela também era considerado como desaparecido.

Três dias depois, familiares reportaram o desaparecimento de mais três pessoas da família: o pai, a mãe e uma irmã de Thiago – respectivamente Marcos Antônio Lopes de Oliveira, Renata Juliene Belchior, e Gabriela Belchior.

O carro de Marcos Antônio, sogro de Elizamar, foi encontrado carbonizado com dois corpos dentro, no fim de semana do desaparecimento da família. Posteriormente, as investigações confirmaram que eles eram de Renata Juliene Belchior e Gabriela Belchior.

Claudia Regina Marques de Oliveira e Ana Beatriz Marques de Oliveira — Foto: PCGO/Divulgação
Claudia Regina Marques de Oliveira e Ana Beatriz Marques de Oliveira — Foto: PCGO/Divulgação

Além da família de Elizamar, a polícia também registrou o sumiço de Cláudia Regina Marques de Oliveira e Ana Beatriz Marques de Oliveira, ex mulher e filha de Marcos Antônio, respectivamente.

O corpo de Marcos Antônio foi encontrado enterrado e esquartejado perto da casa usada como cativeiro pelos criminosos, em Planaltina. Na terça, foram encontrados os três últimos corpos, que foram identificados como os das três vítimas restantes: Thiago Belchior, Claudia Regina Marques e Ana Beatriz Marques.

Fonte: G1 DF

About equipemc

Check Also

Haddad quer união internacional para taxar super-ricos

Proposta foi defendida em reunião de ministros de Finanças do G20 O ministro da Fazenda, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *