Alunos da rede pública aprendem a cuidar da natureza

Comemorando o Dia da Educação Ambiental, integrantes do Parque Educador tiveram manhã de atividades voltadas ao meio ambiente no parque de Águas Claras.

Em comemoração ao Dia da Educação Ambiental, o Instituto Brasília Ambiental reuniu nesta sexta-feira (3) professores e alunos do Programa Parque Educador em uma manhã de atividades voltadas à preservação do meio ambiente e o papel do educador. Coordenada pela Unidade de Educação Ambiental (Educ) da autarquia, a ação envolveu estudantes da Escola Classe 15 de Ceilândia.

Alunos do Parque Educador tiveram manhã de atividades voltadas à preservação do meio ambiente e o papel do educador | Fotos: Divulgação/Brasília Ambiental

O encontro no Centro de Referência em Educação Ambiental do Parque Ecológico de Águas Claras contou com automassagem, contação da história O Buriti da Praça, prática Semeando e Plantando, exposição fotográfica A Natureza É, Expresso Ambiental da Caesb, reflexões sobre a importância do educador ambiental, entre outras atividades.

“Quando vemos as pessoas, especialmente as crianças, sendo atendidas por conta dos nossos projetos, ficamos muito felizes. Nos sentimos realizados. Somos felizardos de sermos educadores ambientais”Marcus Paredes, chefe da Educ

Para o chefe da Educ, Marcus Paredes, o Brasília Ambiental tem bons motivos para comemorar a data. “São muitas conquistas para comemorar. Existem vários programas de educação ambiental em pleno funcionamento no órgão. Entre eles, o Parque Educador, que envolve estudantes, professores da rede pública de ensino e técnicos do órgão ambiental, com excelentes resultados”, ressaltou.

Com foco principal no receptivo de estudantes de escolas públicas do Distrito Federal, o programa Parque Educador promove atividades de educação integral, ambiental e patrimonial nas unidades de conservação geridas pelo instituto. São realizadas duas edições do projeto por ano, sendo uma por semestre. De 2019 a 2021 foram atendidos 2.865 estudantes.

Dentro do leque de programas da Educ do Brasília Ambiental estão também o Ambiente-se, Fogo Apagou, Eu Amo o Cerrado, EA no Licenciamento, entre outros. “Quando vemos as pessoas, especialmente as crianças, sendo atendidas por conta dos nossos projetos, ficamos muito felizes. Nos sentimos realizados. Somos felizardos de sermos educadores ambientais”, celebrou Paredes.

Blitz educativa

A programação comemorativa contou ainda com blitz educativa no Jardim Botânico de Brasília (JBB). Os alunos da Escola Classe Jardim Botânico aprenderam e ensinaram os motoristas da região técnica de prevenção e combate aos focos de incêndios florestais.

A iniciativa foi uma realização do Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (PPCIF), coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema), em parceria com Brasília Ambiental, Corpo de Bombeiros do DF (CBMDF) e Caesb.

Fonte: Agência Brasília

About equipemc

Check Also

Porta-voz da OMS sugere adotar novo nome para varíola do macaco

Carta assinada por cientistas pede a adoção de nomenclatura “que não seja discriminatória nem estigmatizante”. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.