Adesão do Brasil à OCDE pode modernizar a gestão pública e a inserção do país no cenário internacional

Governo assinou decreto que cria um conselho para acompanhar o processo de adesão do Brasil à OCDE

Ao completar, nesta semana, 200 dias de governo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou um decreto que cria um conselho para acompanhar o processo de adesão do Brasil à OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O conselho vai funcionar até o Brasil depositar os termos de adesão.

Segundo o embaixador Sérgio Abreu e Lima Florêncio, para entrar na OCDE a nação precisa ter uma economia de livre mercado e disse que o ingresso pode modernizar a gestão pública e melhorar a inserção do Brasil no cenário internacional.

“O importante para a adesão à OCDE é uma aspiração do país no sentido de modernizar a gestão pública, no sentido de ter políticas econômicas, políticas sociais, políticas públicas em geral destinadas a promover não só o desenvolvimento, mas um desenvolvimento inclusivo, ou seja, com considerações de política social, e um desenvolvimento que se dê no contexto de uma inserção mais positiva, mais competitiva do país no cenário internacional”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, lembrou em transmissão ao vivo nesta quinta-feira (18) do apoio recebido do presidente norte-americano, Donald Trump, quando visitou o país em março deste ano. “Nosso ingresso na OCDE está bastante avançado com o apoio, em primeiro lugar, do Donald Trump, e todos os países concordam com a nossa entrada. Faltam alguns pequenos detalhes para que seja efetivado”.

O que significa para o Brasil participar da OCDE?

A Organização representa ao país um selo de qualidade internacional que aumentará a credibilidade do Brasil, impulsionando investimentos, abertura comercial e a geração de empregos. Isso significa o alinhamento do Brasil às melhores práticas de políticas públicas no mundo.

O que é a OCDE?

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), com sede em Paris, França, é uma organização internacional que reúne as economias mais avançadas do mundo, bem como alguns países emergentes como a Coreia do Sul, o Chile, o México e a Turquia.

Foi fundada em 14 de dezembro de 1961, sucedendo a Organização para a Cooperação Econômica Europeia, criada em 16 de abril de 1948. É um fórum em que os governos podem trabalhar juntos para compartilhar experiências e buscar soluções para problemas comuns. Dedica-se à pesquisa e a estudos para o aperfeiçoamento das políticas públicas nas mais diversas áreas e à troca de experiências entre países membros e parceiros.

A OCDE tem como valores básicos a liberdade e a democracia, mesmos princípios seguidos pelo atual governo.

FONTE: Governo Federal

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios